sexta-feira, 30 de março de 2012

Você, um sonho e a vida



Hoje sonhei com você que, há um ano atrás, monopolizava todos os meus suspiros.

Sonhei com você e me perguntei por onde anda, como estará... e desejei tudo de melhor que o meu coração pode desejar à alguém.

E fiquei pensando em como as coisas passam... acontecimentos, pessoas tocam a sua vida e seguem em frente, por que a vida é um eterno movimento, um não parar incessante que às vezes é um alívio e às vezes... ai, às vezes cansa...

Mas a vida sempre me provou que todas as mudanças ocorrem pra melhor. Que às vezes portas e janelas de fecham para que você se sinta mal no local escuro e abafado que um dia foi sua zona de conforto. E aí, a gente tem que controlar o medo do que está lá fora, abrir mão da segurança do conhecido, desapegar daquele espaço tão querido que você ocupava, e seguir em frente, com o coração aberto para o novo.

Porque a vida existe no movimento, nas mudanças, naquilo que é inconstante. Quando permanecemos iguais, não há mais vida. Aquilo se se estagna, morre.