terça-feira, 23 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL E EXCELENTE 2009!!!



Bom, tinha planejado discutir Deus e o Espiritismo antes do ano acabar... mas melhor deixar pra 2009...



Vou , na minha última postagem do ano, deixar apenas meu desejo de um Feliz Natal e que em 2009 cuidemos e valorizemos um pouco mais o planeta, as pessoas ao nosso redor, a vida!



Que o início de um novo ano renove nossas esperanças e nossas energias para criar um mundo melhor!!

UM NOVO TEMPO - IVAN LINS

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Madonna em São Paulo

Sou fã e não nego! Fã pela coragem de falar e fazer o que pensa. Sem falsidade e sem hipocrisia. Fã pela capacidade de fazer sucesso por tanto tempo. Crescer, se adaptar e estar sempre fazendo sucesso. Fã pela busca de usar sua imagem de uma maneira socialmente responsável e chamar atenção do mundo para coisas que preferíamos não ver. Fã pela coragem que ela tem de cantar "I'm not sorry, it's human nature" ou "This is who I am you can like it or not, you can love me or leave me 'cause I'll never gonna stop". O show foi maravilhoso. E não sei nos outros dias, mas no domingo ela falou bastante com a platéia até. Só duas coisas chatas, o tempo de atraso (1h30m) e o fato de que, apesar do pedido para que ela cantasse "Sorry", ela preferiu cantar "Like a Virgin", desculpado pelo fato dela ter avisado que não era uma situação totalmente justa e que ela só ia cantar a música escolhida se fosse alguma que ela estava com vontade. Em todo o resto, um show fantástico. Uma mega produção, com uma mulher de 50 anos que esbanja disposição e condicionamento físico. Que desafinou eventualmente, mas e daí... Aos 50 anos e com a carreira que ela construiu, a Madonna pode, se não tudo, quase tudo, e a perdoamos até pelo apoio que dá a Britney Spears. E como nem dá pra vê-la (na verdade não dá pra ve nada além dos Ms ao lado do palco), e as músicas estão soltas pela internet... Ouça aí, só pra sentir o gostinho...

sábado, 20 de dezembro de 2008

O AMOR É UM JOGO ONDE SÓ SE PERDE...

Sempre preferi as histórias de amor com final triste... Foi que que sempre me pareceu estar perto da realidade...

Não me entendam mal. Não sou absolutamente contra o amor; muito pelo contrário, acredito no amor e acho que poucas coisas podem ser comparadas à maravilha que é estar amando.

O problema do amor não estar no amor, está nas pessoas. Pessoas são sempre confusas demais. O amor nunca é algo entre duas pessoas; há sempre a história do outro, a sua história, as decepções e "traumas" do outro; as suas decepções e "traumas". Isso sem contar os momentos de cada um, as expectativas... enfim...

Amar só vale a pena de forma desapegada; e se nos prepararmos para a dor, porque alguém sempre vai embora no final; e independente se quem vai é o outro ou se é você, a separação sempre vai doer.

O AMOR É UM JOGO ONDE SEMPRE SE PERDE...

Mas bem que eu queria que fosse eu quem tivesse ido embora dessa vez... só pra variar...

Ah, essa eu não vou traduzir não... não tô com saco!!!





Love Is A Losing Game
Amy Winehouse
Composição: Amy Winehouse

For you I was a flame
Love is a losing game
Five story fire as you came
Love is a losing game

Why do I wish I never played
Oh, what a mess we made
And now the final frame
Love is a losing game

Played out by the band
Love is a losing hand
More than I could stand
Love is a losing hand

Self professed... profound
Till the chips were down
...know you're a gambling man
Love is a losing hand

Though I'm rather blind
Love is a fate resigned
Memories mar my mind
Love is a fate resigned

Over futile odds
And laughed at by the gods
And now the final frame
Love is a losing game

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Desafiando a Gravidade

Linda letra... ótimo livro... Quero ver o musical!!!!!!!
(Ah, aqui a letra tá na integra)





"Defying Gravity"
music and lyrics by Stephen Schwartz


Something has changed within me
Something is not the same
I'm through with playing by
The rules of someone else's game
Too late for second-guessing
Too late to go back to sleep
It's time to trust my instincts
Close my eyes
And leap...

It's time to try defying gravity
I think I'll try defying gravity
And you can't pull me down

GLINDA
Can't I make you understand
You're having delusions of grandeur?

ELPHABA
I'm through accepting limits
Cuz someone says they're so
Some things I cannot change
But till I try I'll never know
Too long I've been afraid of
Losing love I guess I've lost
Well if that's love
It comes at much too high a cost

I'd sooner buy defying gravity
Kiss me goodbye, I'm defying gravity
And you can't pull me down!

Glinda, come with me. Think of what we could do - together!

Unlimited
Together we're unlimited
Together we'll be the greatest team
There's ever been - Glinda!
Dreams the way we planned 'em

GLINDA
If we work in tandem

GLINDA & ELPHABA
There's no fight we cannot win
Just you and I, defying gravity
With you and I defying gravity

ELPHABA
They'll never bring us down!

Well, are you coming?

(GLINDA decides to stay behind.)

GLINDA
I hope you're happy
I hope your happy now that your choosing this -

ELPHABA
You too--
I hope it brings you bliss

GLINDA & ELPHABA
I really hope you get it
And you don't live to regret it
I hope you're happy in the end
I hope you're happy my friend

ELPHABA
So if you care to find me
Look to the Western sky!
As someone told me lately
Everyone deserves the chance to fly
And if I'm flying solo
At least I'm flying free
To those who ground me
Take a message back from me!

Tell them how I am defying gravity
I'm flying high, defying gravity
And soon I'll match them in renown
And nobody in all of Oz
No Wizard that there is or was
Is ever gonna bring me down!!



TRADUÇÃO

Desafiando a gravidade

Alguma coisa mudou em mim
Alguma coisa nao e mais igual
Cansei de jogar pelas regras
Do jogo de alguem

E muito tarde para questionar
Muito tarde para voltar a dormir

E hora de acreditar nos meus instintos
Fechar os olhos e saltar

E hora de tentar
Desafiar a gravidade
Eu acho que vou tentar
Desafiar a gravidade
E voce nao pode me puxar ao chao

Glinda
Eu nao posso te fazer entender que voce esta
Tendo ilusoes de grandeza.

Elphaba
Eu vim desde o comeco aceitando limites
Por que alguem me disse assim
Algumas coisas eu nao posso mudar
Mas sem tentar nunca vou saber.
Por muito tempo eu estive com medo de
Perder amor. Eu acho que eu ja perdi.
Bem, se isso é o amor
Vem a um preço muito alto
E melhor tentar
Desafiar a gravidade
Me de um beijo de adeus
Eu estou desafiando a gravidade
E voce nao pode me puxar ao chao

Glinda- venha comigo. Pense no que nos
Podemos fazer …juntas

Somos sem limites
Juntas nos somos sem limites
Juntas nos seremos o melhor time
Que jamais foi visto
Glinda
Sonhos do jeito que planejamos

Glinda
Se nos trabalharmos juntas

Ambas
Nao existira luta que nao podemos vencer
So voce e eu
Desafiando a gravidade
Com voce e eu
Desafiando a gravidade

Elphaba
Eles nunca nos puxarao ao chao

Bem ? Voce vem?

Glinda
Eu espero que voce esteja feliz
Agora que voce esta escolhendo isso

Alphaba
Voce tambem - Eu espero que isso te traga felicidade

Ambas
Eu realmente espero que voce consiga isso
Que voce nao viva se arrependendo disso
Eu espero que voce seja feliz no final
Eu espero que voce seja feliz, minha amiga…

Elphaba
Entao se alguem procurar por mim
Olhe para os ceus do oeste
Como alguem me disse recentemente
“toda pessoa merece a chance de voar”
E se eu estou voando sozinha
Ao menos eu estou voando livre
Para aqueles que querem me jogar no chao
Leve uma menssagem minha
Diga a eles como eu
Estou desafiando a gravidade
Eu estou voando alto
Desafiando a gravidade
E logo eu vou me igualar em renome
E ninguem em toda Oz
Nenhum magico que existe ou existiu
Jamais ira me puxar ao chao

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

EM MEIO À MULTIDÃO

por Renata Gonçalves


É, parece que é tudo sempre igual
A luz sempre se apaga no final
E na escuridão
Mais alguém se vai

É, tudo sempre acaba assim
Mais alguém que não é pra mim
E a solidão
Comigo vai

Só mais uma estrela a se apagar no céu
Só outra poesia escrita num papel
Só o meu coração se quebra ao chão
Em meio à multidão

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

COMO SÃO AS COISAS PRA UMA GAROTA...

Olha só, cresci aprendendo que devo ser o melhor que posso ser.
Ouvindo da diretora da escola que 7 é a nota da média, e que eu estava acima da média.
Cada vez mais me convenço que, se posso mais, então devo buscar mais. Que o melhor que faço por mim mesma é ser tudo o que sei que está em mim ser... Tudo isso faz cada vez mais sentido pra mim...
E com base em tudo isso, aprendi a ser cada vez mais:
independente,
inteligente,
responsável,
bonita,
forte...
E o complicado disso tudo é que tudo isso me faz ter que aprender a ser cada vez mais sozinha também. Já ouvi, com todas as letras, que tudo isso é demais, e assusta os homens; e que deveria tentar ser menos...
E acho que nenhuma mulher vai me culpar quando eu falar que tive vontade de gritar: "Vai pra puta que o pariu!!! Tenho que ser menos do que posso ser porque os homens são inseguros e covardes e não conseguem se bancar com uma mulher de verdade????"
Não gritei... Fui ensinada que boas meninas são educadas...
Crescemos num mundo onde os homens esperam que nós mulheres sejamos as princesas dos contos de fadas; que sejamos frágeis, lindas, educadas e agradáveis.
Ao mesmo tempo, o mundo exige que sejamos fortes, inteligentes, versáteis, pró-ativas e trabalhemos mais do que os homens se quisermos obter a mesma atenção, o mesmo reconhecimento, o mesmo salário no final do mês...
Vejo mulheres cada vez mais seguras, inteligentes, independentes e sozinhas em suas vidas profissionais e pessoais, e ao mesmo tempo cada vez mais desesperadas e dispostas a aceitarem qualquer resto de atenção que os homens lhes dêem, ou mesmo dispostas a se atirarem em cima deles; ou seja, cada vez mais inseguras e confusas em suas vidas amorosas.
Por outro lado vejo homens também confusos, e cada vez mais imaturos. Cada vez mais inseguros...
Não quero ser só. Busco um Homem, com H maísculo mesmo. Alguém seguro suficiente pra me incentivar a ser meu melhor, pra estar ao meu lado por inteiro. Busco um companheiro, que não espere que eu lhe peça pra resolver tudo, pra ter todas as respostas e não se assuste com uma mulher capaz de trocar seu próprio chuveiro, resolver seus próprios problemas, discutir filosofia, psicologia, sociologia, política, e também a novela das 8 e as últimas tendências da moda e da maquiagem, a receita do jantar de amanhã.
Alguém que consiga aceitar que eu não preciso dele. Mas isso não significa que eu não o queira.
Porque no final do dia, depois de travar as batalhas contra o espelho, o cabelo, o chefe, os livros, as crianças e a máquina de lavar, eu só quero sentar na frente da TV assistindo FRIENDS, dar risada das mesmas piadas que já ouvi várias vezes, e ter alguém que ponha seus braços ao meu redor, me abrace e me faça lembrar porque é mesmo que tudo isso vale a pena.
Agora, pra quem conseguiu entender, segue uma sugestão de música e a tradução da letra. Mas por algum motivo não consegui copiar o video do youtube, então cliquem no link.


http://br.youtube.com/watch?v=zbm4li86bBs



What It Feels Like For A Girl - Madonna
Como se sente uma garota




Fala:
Garotas podem usar jeans
E cortar os cabelos curtos
Usar camisas e botas
Porque é legal ser um garoto
Mas para um garoto se parecer com uma garota é degradante
Porque você acha que ser uma garota é degradante
Mas secretamente você adoraria saber como é,
Não adoraria?
Como se sente uma garota...



Maciez sedoza

Lábios tão doces quanto uma bala, baby

Jeans azul apertado

Pele que se mostra em fendas

Força interior

Mas você não sabe

Garotinhas boas nunca se mostram

Quando você for abrir bem a boca para falar

"Poderia ser um pouco frágil?"



Você sabe...Como se sente uma garota?

Você sabe...Como se sente uma garota neste mundo?



Cabelos que se enrolam

Nas pontas dos dedos tão delicadamente, baby

Mãos que descansam sobre o quadril arrependendo-se

Mágoas que não deveriam ser mostradas

E lágrimas que caem

Quando ninguém sabe

Quando você está tentando muito ser a melhor

"Poderia ser um pouco menos?"



Você sabe...Como se sente uma garota?

Você sabe...Como se sente uma garota neste mundo?

Você sabe...Como se sente uma garota?

Você sabe...Como se sente neste mundo?

Como se sente uma garota



Força interior, mas você não sabe

Garotinhas boas nunca se mostram

Quando você for abrir bem a boca para falar

Poderia ser um pouco frágil?



Você sabe...Como se sente uma garota?

Você sabe...Como se sente uma garota neste mundo ?

Você sabe...Como se sente uma garota?

Você sabe...Como se sente uma garota neste mundo?

Uma garota.... neste mundo?Você sabe? Você sabe?

Você sabe como se sente uma garota? Como se sente neste mundo

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Essa só quem ama entende...

Amado

Vanessa Da Mata

Composição: Vanessa da Mata
Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr-do-sol, postal, mais ninguém

Peço tanto a Deus
Para lhe esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus

Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer

Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Mensagem aos amigos


Para todos os meus amigos, estejam longe ou perto, quer me conheçam há anos e anos, quer tenham tomado conta do meu coração em 3 dias mágicos (to falando de vcs mesmo, bando de corujas!!); para aqueles com quem falou quase sempre, e praqueles com quem não falo há muito e muito tempo... Coloquem a música pra tocar, leiam e lá embaixo tem a tradução da música, que foi escolhida não apenas porque eu amo Friends, mas porque tb amo a letra nos lembra que mesmo os momentos mais difíceis ficam mais fáceis quando se tem amigos.

Ontem, mais de meia noite, meu quarto... Comportamento é repetitivo, e por mais que se queira, difícil de mudar, então eu estava deitada, sentindo pena de mim mesma e pensando em como estava sozinha e não tinha amigos e ninguém me amava, etc, etc, etc (ta, ta... idiota, mas como eu disse, comportamento é repetitivo...). Exatamente na hora que estava rezando e pedindo ajuda a Deus (nunca converso com intermediários... hahaha), o telefone toca. Coincidência ou não, pouco importa.

Não é necessário dizer quem era. Alguém que disse ter ligado apenas pra me dar oi, pra ouvir minha voz. Também não importa o que foi dito ou como a conversa melhorou meu humor. Importa que na madrugada de uma terça-feira, alguém pensou em mim e se importou o suficiente pra me ligar, mesmo sem ter nada importante a dizer. Como dizer que ninguém se importa comigo depois disso?

Ai parei pra pensar, ou melhor, pra lembrar. Lembrar de muitas pessoas. Um amigo me ligou sempre que uma mensagem mostrando que eu não estava bem chegava em seu celular; de algumas pessoas que me ouviram quando eu precisava falar e outras que falaram quando eu precisava ouvir, e ainda algumas que sempre souberam fazer ambos. Lembrei de amigos com quem tive longas conversas e de amigos com quem vivi momentos importantíssimos, em silêncio. Lembrei de um casal que me acolheu, quando eu, como uma doida, toquei a campainha da casa deles chorando, de alguém que passou mais de uma hora no telefone comigo falando bobagens, pra que eu me sentisse melhor. Lembrei de elaboração de PGE e de TCC. Lembrei de momentos de felicidade, alegria, tristeza, dor, raiva... de momentos em que ouvi e momentos em que falei. Momentos em que ajudei e momentos em que fui ajudada. E uma lista enorme de pessoas apareceu na minha cabeça.

Algumas estão ainda na minha vida. Algumas passaram. Porque a vida é assim mesmo... Mas senti, profundamente o grande amor, admiração e carinho que sinto por cada uma dessas o pessoas. A importância de cada uma delas na minha vida. E assim, um coração que se sentia meio vazio se encheu, e hoje o sinto quase a ponto de estourar de alegria, carinho, amor... enfim, de felicidade.

É verdade, comportamento é repetitivo. Mas agora sei que sempre que bater a vontade de sentir pena de mim mesma por estar só, sempre que aparecer esse vazio, posso buscar em minha memória a melhor arma contra a solidão: a lembrança de cada um de vocês que guardo no meu coração... e não há solidão que possa enfrentar essa arma.

Amizade é o amor descomplicado. É a maneira mais fácil de amar incondicionalmente. Por isso, escrevi hoje essa postagem pra dizer uma única coisa:

HONRO E AMO TODOS E CADA UM DE VOCÊS, A QUEM TENHO MUITO ORGULHO DE PODER CHAMAR DE AMIGOS.

E estejam por perto ou longe, espero que, neste momento, vocês possam sentir esse enorme amor que lhes dedico, que saibam que podem contar sempre comigo, mesmo em meio à agitação e correria do dia a dia.

Deixo vocês com uma frase, uma sugestão de leitura e a tradução da música lá de cima.

Frase: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas” (A. Saint-Exupery)

Sugestão de leitura: Longe é um lugar que não existe (é só buscar no Google – “o Google é meu pastor e nada me faltará...rsrsrs)

E a tradução tá na postagem ai de baixo...



Vocês são minha maior força!!!


Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

I'll Be There For You


(The Rembrants)


So no one told you life was gonna be this way
Então ninguém te avisou que a vida seria assim

Your job is a joke, you're broke, your love life's D.O.A.
Seu emprego é uma piada, você está falido e sua vida amorosa
é inexistente

It's like you're always stuck in second gear
É como se estivesse sempre preso na segunda marcha

When it hasn't been your day, your week, your month, or even
year but...
Quando não tem sido seu dia, sua semana, seu mês ou mesmo seu
ano mas...


I'll be there for you
Você pode contar comigo

When the rain starts to pour
Quando a chuva começar a cair

I'll be there for you
Você pode contar comigo

Like I've been there before
Como pôde contar no passado

I'll be there for you
Você pode contar comigo

Cause you're there for me too...
Porque eu também posso contar com você...


You're still in bed at ten
Você ainda está na cama às 10

And work began at eight
E seu trabalho começa às 8

You've been burned your breakfast
Você queimou seu café da manhã

So far... Things are going great
Até agora as coisas estão indo "ótimas"

Your mother warned you there be days like these
Sua mãe lhe avisou que haveriam dias como estes

But she didn't tell you when the world has brought
Mas ela não te falou quando o mundo fez

You down to your knees and
Você cair de joelhos

I'll be there for you
Você pode contar comigo

When the rain starts to pour
Quando a chuva começar a cair

I'll be there for you
Você pode contar comigo

Like I've been there before
Como pôde contar no passado

I'll be there for you
Você pode contar comigo

Cause you're there for me too...
Porque eu também posso contar com você...


No one could ever know me
Ninguém nunca conseguiu me conhecer

No one could ever see me
Ninguém nunca conseguiu me enxergar

Since you're the only one who knows
Já que você é o único que sabe

What it's like to be me
Como é ser eu

Someone to face the day with
Alguém com quem enfrentar o dia

Make it through all the mess with
Com quem passar por toda essa confusão 

Someone I'll always laugh with
Alguém com quem eu sempre vou dar risadas

Even at my worst I'm best with you, yeah
Mesmo no eu pior, eu estou melhoir com você

It's like you're always stuck in second gear
É como se estivesse sempre preso na segunda marcha

When it hasn't been your day, your week, your month, or even
year but...
Quando não tem sido seu dia, sua semana, seu mês ou mesmo seu
ano mas...


I'll be there for you
Você pode contar comigo

When the rain starts to pour
Quando a chuva começar a cair

I'll be there for you
Você pode contar comigo

Like I've been there before
Como pôde contar no passado

I'll be there for you
Você pode conatr comigo

Cause you're there for me too...
Porque eu também posso contar com você...

sábado, 23 de agosto de 2008

Beauty and the Beast




Pra ir ouvindo enquanto lê...

Meu conto de fadas moderno...

A gente sonha, e sonha com o amor...
E nos nossos sonhos, como nos filme, e nas histórias dos contos de fadas, tudo ocorre dentro no script.
Nos contos de fadas a princesa não se apaixona pelo principe que é apaixonado pela princesa do reino ao lado...
E sonhamos com este amor de contos de fadas...
Onde ninguém é novo demais
Velho demais
Confuso demais
Com um passado complicado demais...
Enfim, tudo funciona...

E mesmo quando paramos de sonhar com o príncipe encantado e nos conformamos que no mundo real todo mundo é meio ogro, ainda assim sonhamos com aquele cara especial... aquele cara legal, engraçado, meigo, carinhoso, só um pouquinho irritante de vez em quando...

E você procura, e procura... E só Deus sabe todas as batalhas, internas e externas que você enfrenta pra encontrar esse cara...

Finalmente o cara certo...

É, vc o encontra...

Mas... ei, o que você tá pensando? Isso aqui é vida real!

Ele é confuso, ele tem um passado complicado... e ele não se apaixonou por você...

E agora essa é a cena final:
Você está lá, linda, com seu vestido mais bonito, os sapatinhos de cristal nos pés, o cabelo penteado em lindas tranças... e a sua frente está o reino dos seus sonhos... o castelo sonhado, no dia perfeito, lá dentro está ele... o príncipe... aquele do jeitinho que você queria... E você chega à porta do castelo e bate... bate... bate... Mas ninguém vai atender!

É... ainda não foi dessa vez... E a gente segue beijando os sapos na esperança de que um dia, por um toque de mágica, algum deles se torne príncipe outra vez... e quem sabe dessa vez o cupido acerta as duas flechas nas pessoas certas...

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Abismo




Composição: Ana Carolina e Jorge Vercilo
Bem daqui onde estou
já não dá pra voltar
Nas alturas do amor
onde você chegar
Lá eu vou
E o que mais a fazer
a não ser me entregar
a não ser não temer
O abismo em seu olhar
ou é mar?
O seu olhar...

Não há precipícios
na vertigem do amor
Só descobre isso
quem se jogou

Não sou eu que me faço voar
o amor é que me voa
E atravessa o vazio entre nós
pra te dar a mão
Não sou eu que me faço voar
o alto é que me voa
Meu amor é um passo de fé
no abismo em seu olhar

Ah, ah, ah...
No seu olhar
Ah, ah, ah...
Me vejo andar no ar
lá no abismo lindo
no seu olhar
Ah, ah, ah....

Dia Branco



Dia branco

(Geraldo Azevedo e Renato Rocha)
Se você vier
Pro que der e vier comigo
Eu lhe prometo o sol
Se hoje o sol sair
Ou a chuva
Se a chuva cair
Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar
Nesse dia branco
Se branco ele for
Esse tanto, esse canto de amor
Se você quiser e vier
Por que der e vier comigo

Eu acredito em... amor

Eu acredito no amor.

E falar isso hoje em dia é mais ou menos como falar "eu acredito em duendes", ou fadas, ou no Papai Noel e Coelhinho da Páscoa... mas sim, eu acredito no amor...

E não me importa quantras vezes meu coração se parta em mil pedacinhos... Não importa quantos amores não correspondidos... Eu sempre insisto em seguir acreditando... Mas porque??

Acredito no amor, e mais ainda, acredito na incondicionabilidade (se é que isso é uma palavra) do amor. Acredito que uma vez que amemos uma pessoa, nos é impossível deixar de amá-la. O amor é mais forte que os erros, que as imperfeições humanas... o amor É; assim, sem explicação, sem porquê, sem deixar nenhuma possibilidade de fuga... E ainda assim insistimos em tentar fugir, em negá-lo, em construir muros para não deixar o amor entrar...

E é cada vez mais frequente ver as pessoas relacionando amar à um olhar de pena, alguma expressão de apoio do tipo "poxa, vc está amando... Não se preocupa não, vc vai superar isso"... Deus, quando foi que amar passou a ser assim tão negativo... sinônimo direto de dor e sofrimento???

Acredito no amor como algo lindo; mesmo quando não correspondido. Acho incrível a capacidade de doação, compreensão e entendimento que o amor nós trás. Acho fantástico perceber que temos potencial para sentiremos algo tão grandioso, tão perfeito...

Eu acredito no amor... E se mais pessoas acreditassem, o mundo seria um lugar muito melhor.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Sorri

Composição: Charles Chaplin/G.Parson/J. Turner - versão: Braguinha


Sorri
Quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios

Sorri
Quanto tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri
Quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados, doidos

Sorri
Vai mentindo a tua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz

quarta-feira, 21 de maio de 2008

O mundo dá voltas... mas não nos encontra no mesmo lugar...

O mundo dá voltas... E voltas mesmo... Redondas... Dá pra entender?? Giros de 360°...
Mas percebi que essas voltas não se dão em círculos, mas em espirais... Ou talvez o mundo gire em circulos, e nós caminhemos em espirais...

Sei lá... O fato é que quando o mundo gira 360°, não nos encontra mais no mesmo lugar... Estranho isso... quando aquilo que em algum momento foi seu maior desejo acontece, já não é mais o que vc quer...

Isso é bom... sinal de evolução, não é... Sinal que hoje estou aspirando coisas maiores do que há 2 anos atrás... mas ao mesmo tempo... e o que eu quero hoje?? Será que o mundo vai dar um jeito de me trazer apenas daqui há uns dois anos??

quinta-feira, 3 de abril de 2008

"It's rainning man" ????? Aonde???

Fico pensando às vezes que algumas pessoas tem sorte no amor, outras não...

Eu por exemplo... já fui em pessoas que liam todos os tipos de tarô, cartas de baralho, búzios... ouvi falar até de uma moça que lia o futuro num copo d'agua (essa não consegui ir)... e, no final a história é sempre a mesma... o cara tá lá, em algum lugar... vai aparecer logo...

Ouço essa história há anos, e ele não apareceu...

Finalmente desisti... Não do cara... mas das cartomantes... agora só vou em alguma se ela me garantir que dá nome completo, endereço e telefone desse tal cara...

Brincadeiras à parte... A coisa é bem por ai mesmo... Homem tá em falta no mercado... e não tá caindo do céu...

E se cair, é como minha mãe diz... Eu moro no segundo andar... o prédio tem uns 10 andares... Alguma outra mulher solteira vai segurar ele antes de chegar até mim...rsrs

Ó nós aqui ''traveiz'

É... eu sou bem assim mesmo... cria blog... deleta blog... cria blog novamente...

E mais uma vez criei um blog que não será visualizado... não terá comentários... mas agora a idéia é essa mesmo... não vou nem divulgar...

Futuramente, quem sabe...

Bom... pra que serve um blog que ninguém acessa?? É um diário? Se é um diário, porque não fazê-lo em papel...

Ah, sei lá, porque tudo precisa de respostas??